• Prefeitura de Assis Brasil

Prefeito Jerry Correia teme crescimento do desemprego com bloqueio de ponte em Assis Brasil

Após a manifestação de domingo (27) envolvendo brasileiros e peruanos, o prefeito Jerry Correia voltou a criticar o bloqueio sanitário na ponte que liga Assis Brasil a Iñapari. O lado brasileiro está aberto mas há restrição para ingresso no País vizinho, o que segundo Correia facilita abusos.

Não há dados oficiais mas projeções mostram que o movimento econômico de Assis Brasil depende 60% da população peruana vizinha. Há segmentos comerciais que dependem quase 100% de seu movimento normal, como as casas agropecuárias, aos produtores do Pais vizinho.


As madeireiras de Iñapari empregavam cerca de 500 brasileiros, que além de perderem o emprego com o fechamento da ponte ficaram sem poder de compra, uma situação que fragiliza ainda mais a economia da região, sem indústrias, fábricas e com comércio tímido.

“Pedimos que o governo central do Peru reveja essa medida”, disse o prefeito.

Em Assis Brasil a população acima de 12 está praticamente toda vacinada contra a Covid-19. Além da questão econômica, moradores de Iñapari e Assis Brasil reclamam do abuso de parte da polícia peruana em relação ao fluxo na ponte.

“A população de Iñapari também precisa de Assis Brasil, e agora não tem mais o consumo”, completou.

O chefe do executivo diz que vai acionar os senadores e deputados federais e o Ministério das Relações Exteriores, para tentar resolver a questão de forma diplomática, e ajudar Assis Brasil a superar esse momento causado por conta da pandemia da covid-19.

0 comentário