top of page
  • Foto do escritorPrefeitura de Assis Brasil

Educação realiza 1º Percurso Formativo “Caminhos da Educação: Primeira Infância”


Programa ‘’Caminhos da Educação do Campo: Primeira Infância” realiza formação de agentes educacionais em Assis Brasil

Aconteceu nesta quarta-feira 29, em Assis Brasil, o I Percurso Formativo “Caminhos da Educação: Primeira Infância”, um programa do governo do estado que atenderá aos alunos do ensino fundamental e anos iniciais das escolas de difícil acesso, localizadas na zona rural do município.


A formação contou com a presença da secretária municipal de educação Vanderleia Araújo, que fez questão de hipotecar o apoio da gestão municipal ao programa idealizado pelo estado, mas que no interior, só é possível obter êxito se houver parceria com as secretarias municipais de educação, acontecendo em Assis Brasil onde 17 comunidades serão atendidas com 1.º e 4.º módulos.


A Professora Célia Queiroz da Rocha – coordenadora do programa Caminhos da Educação: Primeira Infância em Assis Brasil, não esconde a alegria em contemplar as localidades mais distantes levando a educação às crianças. “É um momento muito gratificante para a gente poder estar atendendo essas comunidades de difícil acesso nas áreas rurais podendo estar contemplando mais de 138 crianças matriculadas e aspiramos receber mais matrículas conforme surgir as demandas”, pontua.



O Estado tem o desafio de garantir educação à toda a população rural e o programa oferece, às crianças de 4 e 5 anos das áreas rurais de difícil acesso, o atendimento educacional domiciliar, assegurando o direito à educação, à inclusão e à permanência das crianças no ensino sistematizado.


O trabalho, realizado por um agente de educação que atende regularmente as famílias nas comunidades, proporciona às crianças das áreas mais longínquas do estado novas oportunidades de atendimento na educação infantil.


Como as escolas de difícil acesso são muito distantes e as crianças ainda são pequenas, elas têm que percorrer longas distâncias e, para evitar esse difícil deslocamento, o atendimento se dá nas casas das crianças.


Galeria de fotos


0 comentário
bottom of page