• Prefeitura de Assis Brasil

Assis Brasil cumpre 100% da vacinação das doses recebidas contra Covid-19

Doses são aplicadas apenas nos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde.


Sorrisos, lágrimas de alegria e aplausos marcaram os dias de vacinação dos idosos e servidores contra a covid-19 no município de Assis Brasil.


O clima foi de tranquilidade nos locais de imunização preparados pela Prefeitura. A campanha de vacinação contra o covid-19 no município seguiu rigorosamente as orientações do Ministério da Saúde (MS) contidas no Informe Técnico da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 e na Nota Informativa nº 02/2021 "orientações para a execução da campanha de vacinação contra a covid-19". O público-alvo foi definido segundo os critérios de exposição à infecção e de maiores riscos para agravamento e óbito pela doença.


O município possui cerca de 7.417 habitantes e recebeu do Governo Federal/Secretaria de Estado de Saúde, para atender os trabalhadores de saúde e idosos acamados ou com dificuldade de locomoção 138 doses. Nesta segunda, a prefeitura finalizou a imunização de 100% das pessoas com as doses recebidas, cumprindo 100% os critérios do Ministério da Saúde.


A Prefeitura através do Gabinete do Prefeito e da Secretaria Municipal de Saúde esclarece que no momento aguarda novas doses do governo federal e do governo estadual, para continuar a imunização dos demais grupos prioritários, obedecendo sempre o que estabelece o plano nacional. Todos serão contemplados com a vacinação, entretanto, a ampliação da cobertura será gradativa, conforme disponibilidade de vacinas e protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.


Afim de garantir a transparência a prefeitura disponibilizou em sua página o vacinômetro, ferramenta para que a população acompanhe a quantidade de doses recebidas por público alvo. Basta acessar o endereço oficial: https://www.assisbrasil.ac.gov.br e clicar no menu Vacinômetro.


Vacinação Indígena

Esse público indígena está sendo vacinado diretamente pela equipe do Polo Indígena, sob a coordenação da DSEI/SESAI. A prefeitura apenas recebe a vacina e encaminha para a equipe indígena que faz o trabalho em campo.